05 julho 2007

A felicidade está nas pequenas coisas

Estava pensando nas coisas que me fazem feliz. E constatei que me fazer feliz é bem simples:

Fico feliz quando acordo de manhã, vejo que é final de semana e nem preciso cumprir aquele ritual de acordar no horário, se arrumar e enfrentar o trânsito para ir trabalhar.
Fico feliz quando lembro da minha infância e concluo que mesmo sendo uma época humilde, foi muito feliz.
Fico feliz quando lembro da minha avó que já se foi há tanto tempo, o quanto ela era brava, mas era cuidadosa com a gente.
Fico feliz quando a família se reúne para um simples almoço e transformam tudo em festa com comida, bebida, crianças, vozes e sorrisos altos.
Fico feliz quando alguém importante para mim reconhece meu esforço e meu talento.
Fico feliz quando arrumo meu cabelo, faço as unhas, compro uma roupa nova, uso um perfume bom e alguém percebe.
Fico feliz quando consigo ler um livro ou ver um filme bom ou reler e rever aqueles que amo.
Fico feliz ao ver que chegou um monte de e-mails de pessoas que gosto e me fazem falta, quando me mandam notícias suas e dizem o quanto estão com saudades.
Fico feliz quando converso com gente inteligente, que tem muito a dizer e a ouvir.
Fico feliz quando reúno meus amigos para uma pizza, para uma cervejinha e um samba bom.
Fico feliz em ter amigos pra quem posso falar besteiras sem me preocupar com o que eles vão pensar de mim.
Fico feliz quando penso que sofri por amor muitas vezes, mas que finalmente encontrei a pessoa certa e farei de tudo para que permaneça ao meu lado por um longo tempo.
Fico feliz em ser bem beijada, em ser abraçada e fazer amor com quem amo.
Fico feliz em saber que tenho muitas boas histórias pra contar um dia para os meus filhos.

(Inspirado no post do blog “De salto alto”. Cheguei a conclusão que as pessoas são felizes com pequenas e parecidas coisas.)

2 comentários:

MB disse...

Oi Rosi.
Sim, são pequenas coisas que nos trazem felicidade, as vezes em pequenas quantidades para serem aproveitadas durante todo o dia.
Ah, aproveite a fase de "casal novo" (hehe). E para falar a verdade, to morrendo de inveja. Não vejo a hora de chegar nessa fase......kkkkkkkkkk.
Bjs

Mônica Montone disse...

Isso mesmo, querida, você tem toda razão!!!!!

Eu também fico feliz demaaaais com essas pequenas grandes surpresas do dia a dia.

Obrigada por sua visita ao canteiro Fina Flor, viu?!

Desculpe-me a demora em retribuir, mas só vi agora seu pouso num post antigo.

Volte sempre que quiser!

beijocas

MM