12 julho 2007

Maleditas pombas

Sempre quando trombo uma pomba fico me perguntando em que raios Deus estava pensando quando criou esse bicho nojento. Alguém pode me dizer uma qualidade dessa ave? Se ainda fosse utilizado o serviço pombo correio, daria um desconto, mas...
Elas só servem para deixar a cidade mais feia, se alimentam de restos de comida que gente sem noção insiste em oferecer, transmitem doenças, fazem ninhos nos telhados de residências e ainda por cima, carimbam com suas fezes quentes os infelizes que transitam na rua. Sabe-se que a pomba de granja comum (aquela pintada) tem a vantagem de ser muito fértil. A fêmea tem seis ninhadas por ano (pasmem!!!) e são postos dois ovos de cada vez.

Em Londrina/PR, apesar da opinião contrária de alguns especialistas, o abate de pombas, em 2007, superou 50 mil sugeridas pelo Centro de Investigações em Medicina Veterinária, da Universidade Estadual de Londrina. Também serão desenvolvidos trabalhos a curto, médio e longo prazo como a criação de uma lei municipal que proíbe a alimentação das aves; a construção de pombais; campanhas de conscientização ambiental; reposição da mata ciliar e reserva legal no entorno da cidade; introdução de falcões como forma de controlar a espécie; e medidas que visem conter o desperdício nas lavouras.

Em tempo: cidades e estados poderiam ter a “pachorra” de tomar uma iniciativa como essa.

3 comentários:

guto leite disse...

A minha cidade maravilhosa tbm não esta livre dessa praga .. que me perdoem os bichos natureba .. mas pombo bom é pombo morto ... rsrsrsrs ... brincadeiras a parte ... eles são mesmo um inferno nas nossas vidas e o pior de tudo ... aceitamos passivamente esse transtorno ... mas quem sabe um dia não acordemos pro fato ... um beijo grande do amigo carioca ... guto leite

Cin disse...

Tambén não sou fã de pombas.
Linda tarde pra vc.
Bjos!

B. disse...

Eu adorava jogar milho para os pombos quando era criança (deixa eu me esconder ali atrás, tia, fiquei com vergonha)