15 julho 2009

Da série: Gente que faz

Ela é bamba

Adjetivo de autoridade ou título da música da cantora Ana Carolina? Não importa, a frase cabe perfeitamente à ela. Mente inquieta, Kátia Bonfadini é uma dessas pessoas multifacetada, quer fazer, quer realizar, enfim quer dar pitaco. Participante do Blog Criative-se, ela nos presenteia todas as quartas-feiras com suas criações e viagens por esse “mundão de meu Deus”. Aqui ela conta um pouco das suas realizações profissionais.

Por que escolheu a carreira de designer?
Acho que meu interesse por design começou bem cedo. Quando criança gostava de ler os quadrinhos da Turma da Mônica e imitava os traços do Maurício de Souza num caderno de desenho. Aos 7 ou 8 anos comecei a fabricar meus próprios quadrinhos, inventando tramas e personagens. Minha prima Carla, que era também minha melhor amiga, escrevia os diálogos e me ajudava com as ilustrações. Criamos uma editora que batizamos de Katcar e vendíamos as revistas pros nossos pais, avós e tios, que pagavam alguns cruzeiros por cada edição e engordavam nossos cofrinhos! Alguns anos mais tarde, desanimada com a faculdade de Letras que cursava na UERJ, decidi abandoná-la de vez e experimentar algo novo. Conversei com amigos que estudavam Desenho Industrial pra entender que diabos era aquilo e cheguei à conclusão de que a ideia me agradava... Quatro anos depois meu projeto final da faculdade de Desenho Industrial foi a identidade visual de um bar e restaurante cubano. Tudo fictício, é claro. Adorei desenvolver o projeto, desde a fase inicial de pesquisa até a finalização e criação de brindes, camisetas e postais com a logomarca do bar. Foi nessa época que eu tive a certeza de que tinha escolhido a carreira certa! Nos finais de semana, trabalhava no projeto das 7h da manhã às 7h da noite sem parar, mas nem via a hora passar. Eu estava completamente envolvida!

E como foi no início?
No início, com pouca experiência, fiz um estágio no CENPES (Centro de Pesquisas da Petrobras), que durou 11 meses. Foi uma experiência legal mas me sentia meio limitada porque só desenvolvia trabalhos internos. Depois disso, fiz uma rápida passagem por uma agência de publicidade, a CONTEMPORÂNEA, mas o ritmo de uma agência é muito diferente de um escritório de design e isso não me agradou. A publicidade trabalha com oportunidades, é mais "aqui e agora" e o designer trabalha mais com conceitos duradouros como, por exemplo, quando cria a Identidade Visual de uma empresa: logomarca, uniformes dos funcionários, cartão de visita, papelaria, mala direta, padronização de e-mails e assinaturas etc. Depois de 3 meses na agência, vi que não era a minha praia e procurei estágio num escritório de design (BB Design). Eu estava no último período da faculdade e fiquei como estagiária por 6 meses. Depois fui contratada e permaneci lá por quase 5 anos.

Quais foram os melhores trabalhos que desenvolveu?
Acho que os melhores trabalhos que desenvolvi foi os que fiz sozinha como free lancer depois de alguns anos trabalhando num escritório de Design... nada como ter autonomia no trabalho e poder desenvolver a criatividade sem limites... No primeiro escritório de design onde trabalhei, a BB Design, aprendi muita coisa e tive uma chefe muito talentosa. Porém, ela precisava mais de alguém que fosse um operador de computador que colocasse as ideias dela em prática do que um designer com ideias próprias e vontade de expressá-las. Posso dizer que, na época, assimilei muitos conhecimentos técnicos importantes no dia-a-dia do trabalho, aprendi a mexer bem com Photoshop e Corel Draw, conheci a Escala Pantone e os processos de impressão, e aprendi a preparar um arquivo (arte-final) para a gráfica. Comecei a me sentir mais segura pra fazer alguns projetos sozinha e assim parti para a prospecção de clientes próprios, que vinham indicados por amigos.

E o site que possui? Conta pra gente.
Eu desenvolvi o site (http://www.katiabonfadini.hpg.ig.com.br/) pra ser um portifólio dos meus trabalhos. Ele está totalmente desatualizado!!!! Hoje em dia não tenho mais a senha pra entrar no programa e tirá-lo do ar. Mas lá existem trabalhos acadêmicos, ilustrações, alguns trabalhos que desenvolvi enquanto funcionária da BB Design e alguns outros free lances.

Atualmente o que faz?
Há quase 5 anos trabalho numa editora especializada na publicação de livros e revistas para a área médica. Gosto muito do ambiente onde trabalho, dos colegas e das revistas que produzimos. Porém, as revistas científicas são mais "duras" em termos de layout. Não posso ousar muito no trabalho, tenho que respeitar muitas regras e procedimentos das publicações e é por isso que o Criative-se tem sido muito importante pra mim. O blog tem me estimulado a criar e mostrar um outro lado do meu trabalho, algo mais despojado, ousado, festeiro, sem limites! E que, com certeza é mais a minha cara. Gostaria de no futuro poder fazer disso meu ganha-pão... Aliar prazer e trabalho seria a completa realização!

Alguns trabalhos da designer:

Bonfadini está aqui também. Confira!

13 comentários:

Cláudia Ramalho disse...

Rosi, essa é minha primeira visita. Seu post no Bicha me trouxe até aqui.
Vou fuçar o seu blog com carinho, pois quando a Lidiane indica alguém, geralmente acerta na veia.
Com certeza virei outras vezes. Foi um prazer conhecê-la.

Katia Bonfadini disse...

Rosi, AMEI ser entrevistada por você e poder estar aqui no seu espaço falando um pouco mais sobre minha carreira como designer (e agora blogueira, hehehe). Você é muito simpática e divertida e adoro quando me chama de "Bonfadini", como muitos amigos fazem. Fiquei muito feliz com o convite! Mais uma vez, obrigada! Beijão!

Katia Bonfadini disse...

Ah, amei o título!!!!! Surpresa gostosa!!!

Lucia Laureano disse...

Rosi,
Amei a entrevista!
Foi direta rápida e de ótima leitura! A Katia realmente foi uma excelente escolha, adoro tudo que ela faz, sou fã de carteirinha!
Quanto aos seu convite, já está aceito!
beijos,

Talita Corrêa disse...

Mto legal...
E um pequeno detalhe: o título do meu pst é igual o seu... coincidencia master!

Bjs.

Beta Bernardo disse...

Show de bola!!!
Adorei a entrevista!
Como integrante do CRTVS sou suspeita pra dizer que aodro as criações dela, mas acho que não tinha como ela ser outra coisa na vida que não designer. Tudo que ela faz tem design...
Adorei o espaço!!
Sucesso!
Bjks, Beta

Fla disse...

Poxa que entrevista bacana.
Adorei Rosi, vocês duas estão de parabéns.
Deve ser uma profissão agradável, por principalmente trabalhar com a criatividade.
Gostei.

Beijos
Fla

Karla Lemos disse...

Rosi, a Kátia é bamba sim e com ela sempre aprendo muito, elas nos faz desenvolver os detalhes e apurá-los cada vez mais... parabéns pela entrevista.
bjs

Fabiana disse...

Amei seu texto, te vi pelo Bicha Fêmea! Bjs

Nana disse...

Muito legal Rosi, adorei essa entrevista e os trabalhos dela são realmente lindos!
Bjss

Verônica Cobas disse...

Oi, querida...

Já deu prá perceber que quando gosto, cuido muito, não é? Na verdade sempre associo amor a cuidado e atenção. Poder dividir meus dias profissionais e afetivos com Katia é mais que um prazer, um ganho. Sempre acharei que as entrevistas e textos não serão justos à explosão vulcânica que ela carrega, mas é uma homenagem bem legal.
Como amiga, companheira de trabalho e de blog, só tenho que tecer "loas" ao espaço dado à ela. Estamos todas presenteadas. Beijo grande. Vê

Lidiane Vasconcelos disse...

Parabéns a dobradinha Kátia + Rosi. :D

Foi bem interessante saber um pouco mais do mundo do design. Queria dizer que conheço o blog Criative-se e as bonequinhas da Kátia que aparecem por lá. Acho a identidade visual do blog muito bonita, animada, com personalidade única. Dá para ver que o trabalho foi feito com muito esmero, e a gente agora conhecendo o “know how” da designer que cuidou disso, entende que não teria como sair nada menos do que a gente vê por lá.

Parabéns ás duas. :D
Beijos

Fabi Carvalhos disse...

Rosi, adoooro a Kátia, tanto como pessoa, quanto como profissional. Nos conhecemos somente no mundo virtual, mas nem parece. Ela é tão gentil, delicada e atenciosa que logo logo consegue nos envolver e nos cativar. Conhecia o trabalho que ela motra no blog, mas ler um pouco mais sobre ela por aqui foi muito legal. ötimo conhecer um pouco da história profissional dela. Parabéns! Bjs, Fabi.