03 setembro 2009

Da série: pra refletir

"Para mim, o melhor marketing pessoal que um profissional pode fazer é entregar resultados cada vez mais surpreendentes. A consolidação de uma marca pessoal também está intrinsecamente ligada a uma conduta pautada por ética, caráter e dedicação. O sucesso não deve ser a meta, mas a consequência de uma série de esforços." - Roberto Justus

13 comentários:

Priscila disse...

Perfeito! Mas eu tô cansada de conhecer os marketeiros profissionais, que não fazem nada e convencem todos os superiores de que são o máximo...
Bjs.

Estúdio de Design disse...

Nossa Rosi,
precisava ler isso. Ontem e hoje estava em um momento de "revolta"... rs. No bom e no mal sentido. Refletindo sobre pessoas que só sabem falar EU, que não sabem trabalhar em equipe, que só sobem porque diminuem o trabalho das pessoas a sua volta. (desculpe o desabafo!! Mas passei por um momento desses ontem... ainda não "digeri")
Também acho que o seu melhor marketing é o trabalho... não só as palavras!
Beijo

Nana disse...

Muito bom!!!
Amiga, estou na correria daqui, mas respondo esse final de semana o seu email.
Bjs

Fabiana disse...

Rosi, ética e responsabilidade é tudo, em todos os sentidos da vida, seja ela profissional ou pessoal. Trilhar um vida profissional em cima disso, é sucesso na certa.
-
Não chora não, não vão faltar sorteios. Bjs!!

Alethéa Casal disse...

Imprimi e colei no quadro aqui da minha sala de trabalho, hehehe... abraços!

Fla disse...

Acho que vou colar no meu monitor ao lado do meu mantra.
Quem sabe meu chefe lê e aprende alguma coisa...rs..rs..rs..
Bjs
Fla

Elaine disse...

Rosi, este pensamento deveria ser inerente não só a qualquer profissional mas principalmente a qualquer gerente/diretor. Infelizmente não é! Comecei a trabalhar quando era adolescente e já vi coisa de arrepiar os cabelos. Mas as injustiças acontecem porque os chefes incompetentes cercam-se de incompetentes por todos os lados, para assim parecerem eficientes. No final das contas a pessoa competente acaba arrajando algo melhor fora dali, os bananas não dão conta e tudo vai por água abaixo. Aí rola reestruturação, etc e tals. O pior dos absurdos é ver um "gargantão" ser promovido pq se promoverem o outro que merece não haverá quem faça o trabalho...
---------------------------------
Quanto ao comentário que deixou sobre o meu texto, entendo completamente esse seu planejamento. Planejei tb muito o primeiro filho, demorei 6 anos até sentir que era o momento correto, sentimentalmente e financeiramente. Meu marido era mais cauteloso ainda, pois veio de uma infância tão pobre, mas tão pobre, que tinha um medo enorme de não poder oferecer o básico para os nossos filhos.
Bjs, Elaine

Verônica Cobas disse...

Oi, Rosi

Acho que é isso mesmo. Acredito na ideia das marcas pessoais que vamos construindo no nosso caminho, profissional ou pessoal. Passe você por onde passar, é fundamental que sua marca ali se instale. Pela eficiência, pela qualificação, pela doçura, pela sensatez, quem sabe pela ousadia, pela dose equilibrada de loucura. Gosto de gente assim, que não se esconde nas sombras e que,também por isso, não precisa só do marketing vazio e inconsequente para se afirmar como "alguém". O risco disso? Sempre há risco, mas não há jogo e prazer sem risco.

bjss. Veronica

Helinha disse...

Rosi!!

Saudade daqui!!

Fiquei uma semana fora, cuidando dos meus filhos, com gripe... e eu com muito medo!!

Graças a Deus estão bem, agora!!

Ainda tomando remédio e ainda em "isolamento domiciliar", mas bem melhores...

Que bm que existem profissionais, como o Justus, que pensam assim!! Porque a gente vê, demais, no nosso dia-a-dia, pessoas que só são eficientes no marketing pessoal, e em mais nada... e mesmo assim convencem seus superiores e colegas com puxa-saquismo!!

Eu não entro nessa... detesto "babação de ovo" e pra mim o melhor marketing é mesmo um trabalho bem feito!!

Beijão, querida!!

Lucia Laureano disse...

Rosi,
A frase é perfeita! Gosto muito Roberto Justos, você já leu o livro dele?

Uma Mulher de Fases disse...

Rosi, eu admiro o empresário, mas tenho cá minhas dúvidas quanto à pessoa, uma amiga trabalha na Wonderman e as coisas que rondam os bastidores não são tão bonitas se é que me entende!?
Mas a frase é perfeita!
Beijos!!!

Fabi Carvalhos disse...

Rosi, meu marketing pessoal com vc deve andar baixo mas juro q vou reverter este resultado. :) Acho o Sr. Justus arrogante e metidão, mas a frase até q faz sentido. Olha, lancei uma promoção lá no blog que acho q vai gostar. Passa lá. Beijão, Fabi.

Jane Murback disse...

Adorei a frase, muito boa .
(Confesso que tenho uma certa preguiça do Justus).
Bjo