17 novembro 2009

Minha fase blogueira

Há quem pense num blog como diário da vida pessoal, outros o cria com um determinado tema e suas postagens seguem a mesma linha.

Eu o criei para desabafar, estava numa fase ruim profissionalmente e utilizava o blog como uma válvula de escape. O blog também serviu para que minha redação não enferrujasse, já que estava totalmente fora da minha área. Mas por outro lado, havia encontrado o amor da minha vida e pude relatar algumas emoções que estava vivenciando.

E com isso fui absorvendo coisas que via em outros blogs, comentários que deixavam em meus textos. Descobri que tem muita gente boa, muita gente que gosta de se doar mesmo sem conhecer quem está do outro lado e isso é bom demais. É ótimo saber que o individualismo não tomou conta de todos. E essa troca é sadia e bastante eficiente, muitas das pessoas com quem troco informações tenho uma vontade imensa de conhecê-las.

Aqui nesse cantinho, que carinhosamente dei o nome de Mundinho Particular, posso me mostrar verdadeiramente, sem ter receio de não agradar. Aliás, Mundinho Particular pode dar um ar de posse, mas há muitas pessoas que fazem parte dele e compartilhar é a palavra de ordem por aqui.

Meu blog é para isso: guardar emoções, sentimentos, frustações e conquistas. E blogar é doação, doação de experiências e conhecimento.

* Esse post faz parte das comemorações do aniversário do blog mais arretado da blogosfera. Lidi, você e o Bicha Fêmea são tudo de bom!

6 comentários:

Fabiana disse...

Sabe Rosi, vc foi uma das primeiras blogueiras que senti muito carinho! Realmente por esse teu jeito descontraído e tão verdadeiro de ser!
Te desejo tudo de bom!

Bjs grande!

Lidiane Vasconcelos disse...

Rosi, você tocou num ponto que também observo na blogosfera. Em sua maioria, não há individualismo. Claro, não romantizar generalizando isso, né? Mas que tem gente muito legal e que deixa o excesso de competição de lado, isso tem sim. E que bom que é desse jeito. :)

Muito obrigada por fazer parte da festa de comemoração do Bicha Fêmea, viu? Já vou atualizar minha lista de convidados VIP, e toda feliz por ter um blog arretado, de acordo contigo. :D

Ah! Rosi, fiquei pensando aqui depois do teu comentário: para tudo o povo torce o nariz, né? Até na decisão do outro de quando ter um filho. Já escutei críticas também por não ter engravidado até agora, até chamada de velha (aos 31 anos) para engravidar eu já fui... só pela Graça, viu? É cada uma... tsc tsc tsc

Alethéa Casal disse...

Prá variar, texto super bacana! Acho que é por isso que passo aqui quase todos os dias! Adorei a coincidência de publicarmos os textos da comemoração no mesmo dia! Bjim!

Beta Bernardo disse...

Eu tenho blog desde 2003, nem era essa febre todas. Sempre gostei, aprendi a mexer em html, conheci uma pá de gente. Preciso dizer que amo blogar?
Hoje tô meio ausente das visitinhas e comentários que gosto de fazer por motivos de força maior, mas sempre que consigo vou dando umas escapulidas pra ver o que hgá de novo por aí.
E eu acredito sim que é possível se fazer amizades na blogosfera. Como em qq lugar existe os bons e os maus...
Eu amooo!!!
Bjk, Beta

Uma Mulher de Fases disse...

Rosi, tudo bem?
Volteiiiii!
Quer dizer, espero ter voltado, mas o trabalho tem me tirado todo o tempo, o pouco que sobra o marido e os filhos exigem só pra eles!
Bom passar por aqui, li sobre seu vestido, vou querer ver, lógico!
Beijos com saudades!!

Raquel Machado disse...

Oie...não podia deixar de comentar nesse post também sabe desde o primeiro momento que entrei por aqui senti essa energia boa no ar parece bobagem mas existem blogs e blogs alguns que voce entra se sente bem e volta o seu e um deles...Bjossss flor.