24 novembro 2009

Um pouco de networking

Networking é uma palavra que foi se incorporando ao cotidiano profissional e logo se tornou símbolo de reconhecimento e prestígio. Por trás da expressão há muito mais do que um simples significado de rede de relacionamentos.

Ter uma boa rede de contatos é fundamental para a vida profissional e social. Quanto maior e mais qualificada mais chances de você ter relações positivas e produtivas. O ser humano é essencialmente social, ou seja, tem hábitos de convívio com outras pessoas. Se pudermos tirar proveito disto melhor.

Há algumas ações importantes que diferenciam os que fazem networking daqueles que se tornam chatos e oportunistas. Segue abaixo cinco dicas para fazer um bom networking.

1. Identifique sua rede - quem são seus amigos, conhecidos, contatos etc? Procure diferenciar as pessoas que conhece por categorias para facilitar a organização de sua rede de contatos. Uma das formas mais simples é fazer uma lista de pessoas e classificar conforme categorias definidas por você: negócios, família, amigos, faculdade, esportes etc.

2. Mantenha contato - uma das estratégias mais simples e importantes é manter contato com seus amigos e conhecidos com regularidade. Existem pessoas que passam anos sem falar com amigos e quando surge uma necessidade pessoal surgem do nada. Quanto maior o distanciamento menor a chance das pessoas lembrarem de você e, principalmente, prestarem qualquer auxílio. Porém, o cuidado básico é não exagerar.

3. Participe de eventos - quanto mais você estiver presente em eventos importantes mais as pessoas saberão sobre você. Novamente o cuidado é para não exagerar e se tornar figurinha fácil. Aquele que todo mundo sabe que vai encontrar em todos os lugares. Faça escolhas.

4. Use a tecnologia - hoje em dia as redes sociais virtuais estão se tornando grandes aliadas para o networking. Conheça e participe destas redes: orkut, via6, linkedin, dihitt, twitter etc. Cuidado para não ficar viciado e esquecer que o mais importante ainda é o contato pessoal.

5. Crie uma rotina - estabeleça padrões e critérios para os contatos profissionais. Marque um dia da semana ou período para fazer contatos com pessoas estratégicas. No campo pessoal o mais importante é lembrar que os amigos gostam de receber um telefonema, torpedo, e-mail ou visita. Diversifique e não "alugue" uma única pessoa.

Qual sua dica para fazer um bom networking? O que você faz, qual sua estratégia?

*Artigo de Rogerio Martins: http://palestranterogeriomartins.blogspot.com/

2 comentários:

Lidiane Vasconcelos disse...

Oi, Rosi!
Queria agradecer tuas felicitações no Bicha Fêmea por ocasião do aniversário do blog. :)

Mulher, post massa! Muitas dicas úteis! :)
Você sabe, estou fora do campo de trabalho dito formal. Mas não perdi o contato com as pessoas que trabalharam comigo. Embora não esteja nos planos voltar agora, nunca se sabe. O seguro morreu de velho, então mantenho contatos por e-mail e Orkut.

Acho importante que tudo seja feito com equilíbiro, porque ninguém quer o chato grudado no pé da gente, né? Se suas dicas forem seguidas, acredito que não tem erro. ;)

Patrícia Pirota disse...

Estrupícia querida!

Saudades de você!
Milhões de desculpas pelo sumiço, viu! Prometo que não faço mais.

Ó, adorei o post. Vou pensar bem sobre ele... Será que eu tenho feito networking na vida? Se não tenho, com essas dicas vou passar a ter.

Beijão procê!