23 novembro 2009

Fase de mudanças

Os blogs amigos sempre me fazem pensar e me inspiram para escrever aqui. Às vezes minhas postagens se tornam extensão dos comentários que faço.

A Claudinha, minha querida amiga de Maceió, fez um texto sobre mudanças e ela particularmente cortou o cabelo depois de muito pensar. "A vontade de mudar continua firme e forte. Faxina nos armários, separação de roupas e brinquedos para doação, contratação de empregada nova. Novidade é a palavra de ordem por aqui."

Já minha querida amiga Vevê Cobas diz que é "Engraçado isso dos ventos novos que nos tomam de assalto. Tenho pensando muito nisso porque tenho a sensação de estar perto de terminar um ano imenso, com uns 750 dias."

"Chega uma fase de nossas vidas que queremos mesmo é mudar, aprender coisas novas, dar uma guinada! E isso faz um bem danado pra alma!", palavras de Fabi, também de Maceió.

É bastante peculiar como o clima de final de ano contagia a todos. Parece que ficamos mais conscientes, e consequentemente mais decididas, que precisamos de uma mudança, seja pequena ou bastante significativa. Acho corajosa aquela pessoa que percebe isso no ar e embarca nesse clima sem medos. Mudar é realmente preciso.

6 comentários:

Beta disse...

Eu vou ficando mais frustrada...rs
To ficando depre este fim de ano...
Mas graças a Deus minha natureza não me deixa presa nestas ondas baixas por muito tempo...rs

Bjkas
beta

Luci Cardinelli disse...

Mudar é sempre preciso! Também gosto e admiro ver as pessoas que param para observar suas vidas e irem em busca de melhoras, de aprender com os problemas. A palavra-chave é esperança, sempre depositamos muita no ano que está para chegar, não é mesmo?

beijão e ótima semana!!!

:: Nanda :: disse...

Eu, como uma boa geminiana, odeio rotina e zona de conforto..estou sempre mudando.
O fim de ano pra mim significa analisar o que se passou e traçar novos objetivos!

beijo querida! até mais

Katia Bonfadini disse...

Rosi, também acho que mudar é necessário e faz parte da vida. Começo fazendo isso pela casa, adoro trocar os objetos de lugar pra dar uma cara nova ao ambiente! Mas algumas mudanças mais drásticas dão medo, né? Sei que algumas vezes, minha vida precisa ir pra frente, necessita de ar fresco, mas sou uma pessoa insegura e tenho medo de desafios, confesso. Esse turbilhão de emoções mexe muito comigo. Que 2010 chegue logo e que traga muitas notícias boas!!!! Beijos!

Raquel Machado disse...

Oie sabe que as vezes eu sinto ela vindo também tem epocas que parece que tudo vira de ponta a cabeça o importante nessa hora e não ter medo e encarar com alegria ne...isso me lembrou o livro quem mexeu no meu queijo ele fala bem deste assunto...você já leu????Bjks e otima semana.
http://kriativa.zip.net

Cláudia Ramalho disse...

Oi, rosi, não sou do tipo que troca móveis do lugar. Mudança pra mim é brusca: troco de casa, de estilo de vida, etc.
No meu dia-a-dia, gosto da segurança que a rotina me proporciona.
Mas de vez em quando uma reviravoltazinha é bom pra motivar.
Como disse a Luci, esperança é a chave.
Um cheiro,
Ah, amanhã publicarei foto do novo visual.