22 janeiro 2010

Gente que faz

Parabéns, Terra da Garoa

A cidade de São Paulo vai comemorar em 25/janeiro mais um ano de existência para a alegria de muitos habitantes que vivem na metrópole que nunca para. E para comemorar, convidei Érika Cavalcante, querida amiga e eterna pupila, que aceitou meu convite e dá várias dicas de cantinhos e achados dessa cidade.



Você é uma autêntica Paulistana?
Nasci em São Paulo, no bairro da Vila Mariana (Zona Sul), porém aos 2 anos fui morar em Guarulhos (cidade da Grande São Paulo), mas minha vida se passa nesta cidade. É aqui que eu me alimento, trabalho, estudo, faço academia, que eu frequento as baladinhas, que vou aos shoppings, que aprendi caminhos alternativos por causa do trânsito... São Paulo é a cidade que eu realmente moro! Por ser uma pessoa muito curiosa, sempre quis conhecer a fundo a minha cidade, por isso hoje acredito que posso falar com propriedade sobre ela.

O que há em São Paulo que você classifica como imperdível?

Nesta cidade temos de tudo, parques, praças, igrejas, estádio de futebol, autódromo, sambódromo, museus, centro de convenções (considerado um dos maiores da América Latina) e tantas outras coisas, mas existem lugares que são imperdíveis em São Paulo, vou tentar mencionar alguns:
Começo por uma das avenidas mais famosas, a Av. Paulista, este é um lugar que me encanta, sou capaz de andar do Paraíso a Consolação sem ao menos perceber, ela já foi palco de grandes manifestações, durante muito tempo concentrou o mercado financeiro do país. Nela encontra-se o Masp (Museu de Artes de São Paulo), o Stand Center, ótimo para compra de eletrônicos, a famosa Faculdade de Comunicação Casper Líbero e sede da TV Gazeta, o Sesi (aproveite para assistir ao Teatro Popular), Clube Homs conhecido pelas festas de debutantes e formaturas, Parque Trianon e a Livraria Fnac, tudo isso em um pedacinho da cidade!
Além da Paulista, existem outros lugares que não podem ficar fora da lista: Sala São Paulo e o Teatro Municipal (é só pesquisar que existem ingressos a partir de R$2,00 para assistir concertos na Sala São Paulo).
Um lugar bacana para visitar é o Prédio do Banespa, onde é possível ver a cidade bem do alto, vale a pena ficar ligado, pois não é sempre que ele fica aberto para a visitação.
Não deixe de incluir no seu roteiro de compras a Rua 25 de Março, os bairros do Brás e Bom Retiro (Centro). O Parque do Ibirapuera (Zona Sul) é ótimo para andar de bicicleta, correr ou simplesmente respirar um ar puro em plena cidade que não dorme. Entre os museus, destaco o Museu da Língua Portuguesa (Centro), Pinacoteca (Centro), Museu do Ipiranga (Zona Sul) e Museu do Futebol (Zona Oeste).
Não deixe de ir ao Zoológico e ao Jardim Botânico (Zona Sul), este último é um excelente lugar para um pic nic. Outro lugar legal para ir, mas as pessoas não vão porque acham que é caro é o Jockey Club (Zona Sul), vá assistir a um páreo e aposte nos cavalinhos com apenas R$ 2,00, rssss.
Outra coisa que me fascina em São Paulo é a gastrononia, aqui você encontra de tudo, comida de todo canto do Brasil e do mundo. E para quem gosta de comida como eu, vamos algumas dicas:
A minha primeira dica é imperdível: comer sanduíche de mortadela e pastel de bacalhau no Mercado Municipal, outro bom lugar é o Bar & Lanches Estadão (Centro) conhecido pelo Lanche de Pernil do Estadão é aberto 24 horas, passe por lá após a balada. Ainda falando de lanches o Black Dog é uma ótima pedida para qualquer hora do dia, ele está localizado em vários endereços. Para quem quer um lanche mais sofisticado, minha dica é a Forneria San Paolo, um lanche feito a base de massa de pizza, muito saboroso porém, bem mais caro. Para quem gosta de comida japonesa o bairro da Liberdade (Zona Sul) existem bons restaurantes, mas não deixe de comer tempurá nas barraquinhas da Ferinha da Liberdade, esta é uma opção bem econômica. Outra dica de restaurante japonês, que funciona no sistema de rodizio é Koban localizado no bairro de Moema (Zona Sul). Para quem gosta de comida Italiana vale a pena ir na Cantina do Gigio em Pinheiros (Zona Oeste), Famiglia Mancini na Bela Vista (Zona Oeste). Ainda falando de comida Italiana, a Rede de Restaurante Ragazzo, é uma opção econômica e uma das minhas favoritas. Uma das minhas últimas descobertas foi a culinária mexicana, adorei! Como indicação deixo os restaurantes: Yucatán e Tollocos, o Yucatán funciona no sistema de rodízio é vale experimentar tudo, ele está localizado na Av. Juscelino Kubischek no Itaim Bibi (Zona Sul), já o Tollocos não deixe de experimentar os tacos e os burritos sem falar nos famosos nachos com guacamole.

Sabemos que São Paulo tem um quê de chique. Há pessoas finas e restaurantes caros. Mas indique um lugar onde se pode comer bem sem gastar todo o salário?

O Masp (Centro) reúne uma das grandes obras de artes, além das exposições que acontecem periodicamente. Depois de contemplar as obras, minha indicação é almoçar no Restaurante do Masp que fica localizado no subsolo, no qual você concilia um ambiente agradável, cultural e uma comida de qualidade. O ambiente é meio rústico mas com um atendimento muito bom. A comida é self-service bem variada, dá para agradar a todos os gostos pois tem no cardápio carne, peixe e frango o preço é bem acessível.

A variedade de pratos é enorme nessa cidade. O que mais exótico você experimentou pelas suas andanças?

Fui convidada para ir em um restaurante chamado Tantra, que tem como especialidade comida Tailandesa. Não conhecia muito sobre esta culinária, apenas sabia que ela possuía temperos afrodisíacos. O restaurante tinha um ambiente bem diferente, descontraído e com uma música envolvente. Durante o jantar pudemos acompanhar os shows que complementaram a programação, eram mulheres dançando com cobra, algo bem exótico. E falando em exótico, a Salada de Tubarão foi à coisa mais exótica que já comi até hoje, ela é preparada na chapa e com tiras de tubarão, uma pasta de abacate e levemente apimentada. Não se assuste a carne de tubarão não tem nada de mais, ela parece uma carne de peixe normal, na minha opinião o que diferencia é o tempero. A sobremesa algo bem diferente também, nunca havia comido nada parecido, manga famblada com temperos afrodisíacos, que tinham um leve toque de gengibre e um gosto meio indefinido, mas sinceramente ótimos. Mas prepare o bolso porque a noite não sai muito barata.

Existe algum lugar que você não deu nada por ele e a comida foi uma agradável surpresa?

Bacana essa pergunta. Existem dois lugares que me surpreenderam. O primeiro é a Barraca do Valdir na Tiquatira (Zona Leste), o lugar meio estranho no meio da avenida, as mesinhas do lado de fora remetem a um clima de praia, não tem nada de luxo nem tão pouco glamour como alguns barzinhos ao lado. Mas, o cardápio é bem variado e com preços ótimos. Eu recomendo a salada de frutas, o açaí, lanche natural e suco de tamarindo (tem um gosto meio azedinho, muito bom!) além das frutas que você comprar e levar para a casa. E o outro é o Restaurante do Corinthians (Zona Leste), nunca fui fanática por time de futebol e nem me familiarizo tanto assim com o time, mas o restaurante é muito bom. Minha recomendação é a feijoada que é servida as quartas e sábados. Não é um lugar caro e ainda você pode dar a sorte de encontrar com os jogadores Ronaldo e Roberto Carlos.

Existe algum lugar que você esperava muito e não superou suas expectativas?

Há algum tempo atrás marquei de ir com uns amigos há uma das melhores churrascarias de São Paulo, a Fogo de Chão localizada na Av. dos Bandeirantes (Zona Sul), gerou-se toda uma expectativa, afinal todo mundo falava muito bem do lugar. Pois bem, chegando lá não vi nada demais, o Buffet de saladas deixou um pouco a desejar, e pra ser sincera, já fui em churrascarias melhores. Decepção total!

Indique o lugar perfeito para reunir os amigos e para uma noite romântica.

“Alguma coisa acontece no meu coração que só quando a Ipiranga e a Avenida São João...”
O Bar Brahma (Centro) localizado no cruzamento destas avenidas é um ótimo lugar para reunir os amigos e saborear um belo chopp acompanhado de petiscos. Para uma noite romântica, nada melhor como um jantar no Terraço Itália. Uma visão belíssima de 360º graus da cidade de São Paulo. A conta sairá um pouquinho salgada, mas para uma noite especial vale a pena.

Você consegue qualificar um "lugar para chamar de seu"?

Eu como todo bom paulista adoro pizza, dentre as mais de 1500 pizzarias de São Paulo, dou destaque para uma que EU ADORO é o Pedaço da Pizza, localizado em quatro endereços: Jardins, Bela Vista, Itaim Bibi e Paraíso. O ambiente é bem descolado e alternativo, a vitrine de pizzas é algo que me encanta e a possibilidade de comer com a mão de um modo “sem frescuras” me faz sentir bem! Adoro todos os sabores das pizzas salgadas, mas não posso deixar de comentar da pizza de chocolate de lá, essa é uma sugestão para comer e se lambuzar, seja ela com mm’s, banana, morango ou raspas, simplesmente são uma delícia e não são enjoativas.

Depois de todas essas dicas escolha seu roteiro e comemore o aniversário de São Paulo em grande estilo!

Érikinha é uma das 3 Supernovas, que junto com duas amigas que também estiveram por aqui (Heloísa e Fernanda) contam um pouco do que aprontam. Confiram.

15 comentários:

Fabiana Lima disse...

Parabens pra Erika! Percorreu SP em um post muito gostoso de ler e deu um montao de dicas, de ponta a ponta da cidade. Moro perto do Tiquatira e nunca dei bola pra aquele bar. Vou lá! ...rs

Katia Bonfadini disse...

Ótima entrevista, Rosi!!!!! A Erika relatou de forma tão gostosa sua experiência pela cidade que me deu vontade de ir todos os finais de semana pra Sampa!!! Só fui uma vez, acredita? Tem tantos bares e restaurantes interessantes! E a 25 de março? Tenho que bater perna lá!!!! Beijos!

Casa de Catarina - lelê disse...

Como boa paulistana, adorei o Gente que faz de hoje! rsss.
Adorei as dicas!
Beijos
lelê

Nana disse...

São Paulo tem coisa bacana mesmo :)
Mas só corrigindo, sei que será chato, eu vou apanhar, não fiquem brava comigo, mas o Stand Center foi fechado a mais de 3 anos pela Polícia Federal, agora está até ocorrendo uma obra por lá, não sei o que sairá e quando abre um centro comércial no mesmo estilo dura 3 meses na Paulista... acabou a festa hehehe
Agora temos que ir tudo na Santa para achar algo em conta.

Parabéns a essa cidade que eu nasci também, bem no centro, para falar "meu" hehehe

Bjss

Raquel Cecília disse...

Menina amei essa entrevista! Eu sou apaixonada por SP também, mas infelizmente não conheço tão bem quanto a nossa amiga... Por exemplo, eu já vou completar 27 anos este ano, e nunca visitei a Pinacoteca, olha que vergonha de Paulistana???

Por falar nisso Rosi, vou responder as perguntinhas esse fim de semana tá?

Estive na correria essa semana com umas obrigações da religião e com a minha família, mas se Deus quiser eu te mando as respostas no fds mesmo!

Bjão!

Cláudia Ramalho disse...

Eita que da próxima vez que eu for a Sampa, já sei onde buscar referências.
Ótimo finde pra vc, minha querida!

Érikinha disse...

Rose mais uma vez muito obrigada pelo convite! Adorei falar de São Paulo, realmente é a cidade que eu vivo e amo!! Meninas, adorei os comentários!!!

Nana, o Stand Center realmente foi fechado, ele ficava na Augusta, mas hoje na Paulista mesmo temos dois pontos de Xing Ling, um próximo a estação Trianon Masp e outro próximo a estação Brigadeiro, o nome e o endereço podem ter mudado, mas a oportunidade de compras dos eletrônicos são as mesmas!!!

Aproveito a oportunidade para fazer um convite a todas vocês, visitem meu blog 3supernovas.blogspot.com.br, lá escrevo com mais duas amigas.

Um grande beijo a todas e se precisarem de mais dicas de SP. Podem me pedir. Ok???

Lidiane Vasconcelos disse...

Eita! Post super útil para quem, de vez em quando, vai á Sampa (como eu).

Obrigada! :)

Row51 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luci Cardinelli disse...

Morei em São Paulo por 4 anos e tenho ótimas lembranças. Realmente é um lugar com muita coisa para ver e conhecer. Ótimas dicas! Alguns lugares não conheço e na minha próxima ida a cidade vou tentar conhecer.

Parabéns Erika e Rosi !!

Row51 disse...

Além de escrever sobre gastronomia, convido a todos que possam, experimentar uma refeição preparada pela Érika, em excelente cozinheira que tem dotes maravilhosos...não só na cozinha, como na vida e no coração....uma pessoa que só quem conhece para entender....já falei inúmeras vezes para essa moça, o quanto agradeço a Deus, por ela existir em minha vida, não sou fã dela....ela é uma das pessoas mais importantes no mundo para mim, então acho que fã não iria deixar bem claro, o que sinto por ela...

Uma Mulher de Fases disse...

Rosi, eu que moro no ABC, tenho um fascínio inexplicável por São Paulo, adoro mesmo, mas como não saímos muito daqui, fica difícil conhecer tantos lugares sem dicas assim, adorei o post, o mais legal é mostrar que a Capital tem um charme todo particular. AMEI a entrevista, messssmo!
Sabe que só hoje eu me dei conta de que eu não era "seguidora" do seu blog? Que vergonha!!!
Beijos

Anônimo disse...

Adorei o post!!!

Erika soube falar dos principais atrativos gastronômicos de SP, de uma forma deliciosa (olha o trocadilho...rs) e leve, sem tornar o texto cansativo. Parabéns!!!

Rosi, esse post serve como guia turístico para o pessoal, hein! Ótima ideia!

Bjs e um bom feriadão!

disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
disse...

Gente, o comentário acima fui eu que escrevi...rs
Não sei pq saiu como "Anônimo".
Bjs, novamente!