04 agosto 2010

Enfim, a TN

É engraçado como passa de sonho a realidade, de medo em alegria, de insegurança em chão firme. E essa mistura de emoções aconteceu hoje durante a minha Ultrassonografia Morfológica - Translucência Nucal.

Ver aquelas mãozinhas, aqueles pezinhos, flutuando, dançando de um lado pro outro, só me fez pensar que realmente nasci para ter essa sensação... a sensação mais única que já tive na vida. Saber que é uma gestação saudável e que tudo corre muito bem, é como dizer "seu pequeno milagre esta acontecendo como deve", fiquei em êxtase por alguns instantes, tudo em minha vida perdeu a importância, importa somente a vida do bebê que carrego, tudo o que mais sonho na vida é pegar meu baby no colo e aquele susto na nona semana faz parte do passado.

Maridão foi comigo e pode ver nosso lindo bebê. Comi chocolate, tomei um café da manhã caprichado, e meu tiquinho mexeu as perninhas, os bracinhos. Quando o médico cutucou minha barriga ele dava uma mexidinha, algo como quem diz (para de me incomodar que estou nanando) e voltava a ficar quietinho, depois ficou agitadinho, que lindo, eu tava com tanto medo....

Não me perguntem sobre os dados técnicos, o médico disse, mas não escutei. Edito esse post depois com as informações.

Ah, sobre o palpite...bem, 60% de ser um MENINÃO... Dudu. Mas vamos confirmar em três/quatro semanas porque realmente é uma porcentagem bem pequena.

Vou ser MÃE, e a amplitude dessa palavra vira simplesmente a situação mais exata da nossa existência, faz a nossa vida ter significado.

Enfim... tá aqui, perfeito, forte, LINDO..............protegido e muito amado.

Sobre a TN: A Translucência Nucal é medida durante a ultrassonografia realizada entre a 11a e 13a semana gestacional. A ultrassonografia geralmente é abdominal, mas se a medida não for possível, pode ser necessária a realização da ultrassonografia transvaginal. Se houver um acúmulo excessivo de líquido na região da nuca do feto, aumenta o risco do bebê ter uma alteração cromossômica, má formações ou alguma síndrome genética. Vale ressaltar que a TN não faz o diagnóstico, isto é, não oferece certeza absoluta, mas revela um risco grande daquele feto que está com acúmulo de líquido na região da nuca apresentar alguma alteração.

11 comentários:

Maura disse...

É tãaaaaao bom vê-los, né Rosi!!! Parece q teu feeling esta certo!

Maya disse...

Rosi que delícia!!!
E vc acertou em cheio no feeling, heim!
Acho que quando é menino, dificilmente eles erram.. mais facil errar qdo é menina!
Parabéééééns!!!!
Fiquei feliz por vc, por não estar mais preocupada e tudo estar indo bem!
Eba!!

Amanda Zanqui disse...

Feliz por vc Rosi!! Que bom que vc está mais segura de que tudo está bem! Bjs

Lu disse...

Que dia mais feliz pra gente!!!

Fico muito contente que você conseguiu ver o seu pequeno, a nossa TN também foi uma delicia, estamos nas nuvens até agora!!

Agora é curtir muito, e esperar que o tempo passe rapidinho!!

Beijos nos 2!

Elaine disse...

Rosi,

"Não me perguntem sobre os dados técnicos, o médico disse, mas não escutei."

KKKK adorei!

Parabéns, que bom que tudo correu super bem! Dá vontade de fazer ultrassom todo dia, né, só pra ficar olhando.

Bjs, Elaine

Shilola disse...

Como passa rápido... :D
Se bem me lembro a TN é feita entre as semanas 12 e 14, né?!?!
E sobre os tipos de parto? Já pensou em qual vc fará?
Bjocas,
Carol

Katia Bonfadini disse...

Rosi, querida, amei seu comentário e agradeço demais sua visita! Gosto muito de você!!!!!!!!!!! Você é uma das pessoas mais sinceras e transparentes que já conheci! Te admiro muito e desejo toda a felicidade do mundo pra família que está construindo! Eu realmente não entendo nada de maternidade e só fico torcendo pras minhas irmãs engravidarem pra que eu tenha um monte de sobrinhos, rsrsrsrsrs!

Um grande beijo pra vc!!!!!!

Luci Cardinelli disse...

Imagino que seja mesmo uma emoção única na vida de uma mulher. Que bom ver você vivendo esse momento!

beijos e um ótimo final de semana

Fabi Carvalhos disse...

Rosi, nossa! Ando tão afastada das visitas aos blogs queridos que perdi está super notícia, que gafe! Perdoe-me! Fiquei, acredite, imensamente feliz com a notícia. Quando fiquei grávida de Sophia quase não curti direito, eram tantas preocupações, já que nada foi planejado e nem casada eu era, que os meses passaram e quase nem lembro do que vivi. Uma lástima, sem dúvida alguma. Hoje sei o quanto a gestação e a maternidade foram e são importantes na minha vida. Depois delas minha vida se transformou, consegui enxergar erros e defeitos em mim que nunca tinha percebido ou não queria me dar conta. Isto me fez crescer, mudar como ser humano, e hoje, tudo é mais fácil de superar, afinal, tenho uma filha linda para criar, um marido super companheiro, uma família para cuidar. O peso da responsabilidade é maior, mais as alegrias, sem dúvida alguma, são bem maiores. Descobrir que do meu ventre foi gerada uma vida é a sensação mais intensa que já vivi. Só posso dizer que curta muito, aproveite cada segundo desta experiência e saiba, é só o começo de muita felicidade. Beijão para toda família, Fabi.

Verônica Cobas disse...

Rosi,

Que bom te ver de volta lá no meu dia do Criative-se. E que bom te ver por aqui tão radiante, feliz, intensa, plena. Porque é assim que nos sentimos quando estamos grávidas, não? Em plenitude com o universo. Que o filhote ( menino, pelo que parece) venha feliz, saudável, e que faça a você e ao seu marido aquele bem imenso que esse bem tão intenso pode proporcionar.

beijos mil

♥♥ Thata ♥♥ disse...

MEnina, com esse nome lindo (kkkk), ele já um meninão muito especial!
Só tome cuidado, pq os Dudus geralmente são um furacãozinho, eu que o diga!
Beijosssss