16 janeiro 2012

O terror das menininhas

Toda mãe acha seu filho L-I-N-D-O de viver! E eu não sou uma exceção à regra.

Mas sabemos que existem bebês que são perfeitinhos, dignos de comercial. Dudu não é assim, é simpático, tem um sorriso encantador e chama muito a atenção por onde passa. Fato que tenho comprovado há algum tempo.

O primeiro episódio foi num passeio no shopping num domingo a tarde. Dudu estava em seu carrinho, eu empurrando, quando passamos por uma família que tinha uma garotinha, a pequena avistou o carrinho e saiu em disparada, me obrigado a parar. A garotinha, no alto de seus 2 anos de idade (soube depois pelo pai) se colocou em frente ao carrinho, sorria muito para o Dudu e sem pensar duas vezes, o encheu de beijos!

Sorrimos com a cena, que no mínimo foi inusitada. O pai da garotinha a desaprovava rindo, disse que ela devia ser menos atirada e pelo menos ter perguntado o nome dele antes de agarrá-lo. E o Dudu? Ah, é claro que gostou, soltava gritinhos. Foi muito engraçado.

Já o segundo episódio foi no aniversário do Bruninho. Dudu todo-todo no chão, ensaiando uns passinhos, quando havia uma garotinha maiorzinha de olho. Ela, sem pensar duas vezes se aproximou, fez um carinho no rosto dele e deu um abraço. Novamente, foi engraçado, Dudu, muito menor que ela, ficou na altura de suas axilas, sumindo no abraço apertado e desastrado.

Um comentário:

Priscila, mãe do Imperador disse...

Dudu lindo e simpático! Que delícia ver esse carinho entre crianças!