09 setembro 2013

E a festa de 3 anos?

Calma, ainda estamos muito longe disso (Dudu só tem 2 anos e 6 meses). Mas já comecei a planejar a festinha.

Infelizmente, comemoramos os dois aninhos do Dudu de maneira bem simples. A data caiu bem no Carnaval, logo na segunda-feira. E fazer festa nessa data não dá. Improvisamos uma comemoração na praia, na casa da Tia Camila em Bertioga. Carinhosamente, as Tias e Bisa providenciaram bolo fake (de carrinhos), brigadeiros e beijinhos maravilhosos e salgadinhos especiais. Aqui em Sampa teve bolo e salgadinho para o resto da família.

Se gostei dessa comemoração simplesinha? Não. Gosto de festas.

Então ficou a promessa de no aniversário de três anos fazer uma festa especial para ele. Já comecei a cotar alguns buffet. Definitivamente não quero ter mais o trabalhão que tive no aniversário de 1 ano. Quero contratar tudo, chegar linda com o aniversariante e voltar pra casa no final da festa junto com os demais convidados. Essa história de planejar festa, comprar itens (intermináveis idas à 25 de março!), montar a festa, receber convidados, tirar fotos, verificar se tudo está ok, e ainda desmontar tudo no final, não dá. O saldo é que você só lembra da festa através das fotos, tsc, tsc.

Decidi que será num buffet infantil. Muito mais prático. E o Dudu já escolheu o tema: Carros. E nem adianta dar outras opções. Ele apaixonou-se por uma decoração que vimos de longe. Ok, será Carros.

Estou envolvida com orçamentos da festa e as lembrancinhas. Quero tudo caprichado, feito com carinho mesmo. Adoro planejar festas. Meu filho merece.

(Vou atualizando à medida que as coisas forem se ajeitando).

Um comentário:

Ceila Santos disse...

Rosi, não sei se já leu o post que escrevi sobre aniversário de bebês, pois são exatamente as festas simplesinhas as melhores para seu bebê e só com 3 anos que o bebê merece a grande festa de adulto. Veja: http://blogdodesabafodemae.blogspot.com.br/2013/06/aniversario-de-bebes.html

Bem, eu estou passando aqui também pra lhe convidar para um debate na página do Desabafo de Mãe, no Facebook, que discute sobre o profissionalismo da blogosfera materna. O debate está baseado numa pesquisa informal em que você participou no ano de 2011 e a gente vai trazer os resultados desta pesquisa, passa lá!