08 julho 2009

Da série: Gente que faz

AMIGOS QUE NÃO CONHECEMOS

Amigos da internet são de carne e osso. Virtuais é porque ainda não os vimos pessoalmente, mas o nosso imaginário se encarregada de criar uma imagem de cada pessoa em nossa mente. Flávia Teles é um dessas amigas desconhecidas, li um texto dela, deixei um recado, recebi um e-mail e assim nasceu nossa amizade virtual que está prestes a tomar um outro rumo quando nos vermos pessoalmente. Convidei essa querida amiga para contar um pouco das suas experiências:

Como é ter amigos virtuais?

É engraçado porque pra mim esse termo soa meio estranho. Pois de certa forma, aqueles com quem eu converso, com quem eu abro parte da minha vida, passam a ser amigos tão reais, que eu sinceramente me esqueço do fato de as vezes não nos conhecermos pessoalmente. Pra mim essa sempre foi uma experiência maravilhosa. Conheci, graças a internet, pessoas fantásticas de todos os lugares do país e do mundo. Tenho certeza de que se não fosse através deste rede, eu jamais as conheceria.

Onde você encontrou esses amigos?
Eu acesso a internet há mais ou menos 10 anos. Também pelo fato de trabalhar na área de tecnologia, afinal sou uma analista de sistemas. Sou da época do ICQ e do IRC. Naquela época o auge eram os chats, mas nunca senti confiança naquilo. De certa forma sempre achei que o fato de você poder se passar por outra pessoa muito perigoso. Ali eram poucas as pessoas que estavam realmente querendo fazer amizades. Então optei pelas listas de e-mail. Tenho muitos amigos daquela época, pessoas que são parte da minha vida. Também fiz uma grande turma de amigos através do blog de uma jornalista chamada Rosana Hermman. Esses amigos, já deixaram de ser virtuais há tempos. Todos nós nos conhecemos, nos encontramos, e foi lá inclusive que conheci meu marido.

O avatar ajuda ou prejudica a imagem de uma pessoa?
Acho que nem um nem outro. Ao meu ver, o avatar é apenas uma brincadeira, na qual a pessoa, através de uma imagem ou foto, tenta expressar algo que gosta, que sente ou até mesmo quem ela é.

Já conheceu pessoalmente um amigo desses?
Nossa, muitos! Graças a Deus eu só fui apresentada a pessoas ótimas aqui na net. Já conheci gente de Natal, Brasília, Belo Horizonte, Campinas, etc. As amizades que sinto que são verdadeiras, eu faço de tudo para que elas se tornem reais. Até hoje, não me decepcionei com ninguém.

Por que ter um blog?
Eu já tive vários blogs, o primeiro foi por necessidade de dizer alguma coisa, mesmo sem saber se alguém iria passar ali para ler. Sempre adorei escrever e achava que o blog funcionava como uma espécie de diário pra mim. Depois fui percebendo que as pessoas se intrometiam demais no meu ponto de vista e a função do blog perdeu completamente o sentido. Então, anos depois, influenciada pelo meu marido, meus amigos e minha família, eu decidi montar uma espécie de caderno de receitas virtual, ou seja, um blog de culinária. Só que eu percebi que ali, além de receitas eu também poderia falar de alguns outros assuntos, e fui fazendo isto aos poucos, percebendo a receptividade das pessoas diante da mudança de assuntos. Tem funcionado muito bem. Faço o que eu gosto e falo o que penso.

Um amigo virtual substitui um amigo de verdade?
Acho que o termo não é substituir, os dois pelo menos para mim são super necessários. Preciso saber que posso contar com todos aqueles que eu chamo de Amigo. Eu às vezes me sinto em dois mundos, e por isto às vezes recorro aos amigos de perto, aàs vezes prefiro procurar os de longe. E o motivo desta "distinção" é que meus amigos "reais", são pessoas que não tem o tipo de contato com a internet que eu e meu marido por exemplo temos. Eles não acessam blogs, não conhecem pessoas através da net e me acham muito nerd por eu fazer parte deste mundo, até trocar e-mail com minha turma não é fácil. Então, às vezes, é mais fácil eu me sentir a vontade com pessoas que são mais a minha cara, digamos assim. Lógico que muitas vezes o que precisamos é do carinho, do abraço, do consolo de um amigo de perto, de um sentimento mais real, Então acho que os dois, cada um a seu modo, tem sua importância.

Quer conhecer um outro lado da Flá? Então acesse o Blog Arte na Cozinha e confira as delícias que ela faz.

13 comentários:

3 Supernovas disse...

Rô, como eu faço pra inserir esse "Quem sou eu..." Não tô achando, me explica aonde faz isso, achamos sua idéia ótima! Um grande beijo.

Fla disse...

Poxa querida, muito obrigada: pela oportunidade e pelo carinho.
Adorei.
E bora animar esse encontro com a Lidi hein?!
Beijokas
Fla

Mari disse...

Eu tenho uma amiga virtual que a considero real apesar de nunca ter nos encontrado. Na verdade acho que ela é a minha amiga mais íntima ultimamente.

Lucia Laureano disse...

Adorei a entrevista!
Agora vou correndo conhecer um pouco mais da Flavia, por sinal adoro blog de receitas... Vou precisar de muitas na casa nova!
bjs,

Lidiane disse...

Ai que legal essa entrevista. :D

Fla é muito doce mesmo, né? Essa é uma amizade virtual daquelas bem boas de se ter... ehehehe

Parabéns pela escolha, Rosi! Arrasou, Fla. :D

Beijos nas duas!

Fla disse...

Obrigada meninas...

Lucia, muito obrigada viu. Já tô indo lá conhecer teu cantinho também. E espero que goste do meu.

Lidi, você é uma fofa. Obrigada sempre.

Beijos a todas

Beta Bernardo disse...

Que bacana esse espaço, Rosi!!
Eu acho que amigos virtuais são reais, as vezes nos acompanham mais de perto que alguns do mundo real.
Meu marido mesmo eu conheci na internet. Foi atraves de um amigo, mas foi a telinha que propiciou o primeiro contato... um dia conto essa historia lá no blog, tá na manga!

E a Flavia é uma pessoa interessante e vou lá ver o blog dela...

Continue com o espaço... já tá virando sucesso, né?

Bjks, Beta

Lidiane Vasconcelos disse...

Rosi

Obrigada pelo “feedback” tão gentil. Então pode deixar que não vai haver qualquer mudança brusca no Bicha, viu? Quem menos quer perder a companhia de gente tão simpática como você sou eu. ;)
Beijos

Nana disse...

Oh amiga, a Flá é uma graça mesmo!
Eu tb só conheci gente boa por causa do blog, graças a deus, agora tu não me escapa vizinha hahahaha
Oh duas enrolonas para se encontrar.
Bjss

disse...

Esse post tem tudo a ver com a reportagem de capa, publicada na Veja da última semana: http://veja.abril.com.br/080709/nos-lacos-fracos-internet-p-94.shtml
Bjs

Carol disse...

Oi, adorei o bloguito. Vim ler a entrevista da Fla, achei muito bacana. É legal sabermos a opinião dos nossos amigos. Beijos

Saraiva disse...

Boa noite!
Eu sou o marido da Fla!
Sobre esse tema, já conversamos muito!
É muito bom poder contar com a "companhia" dessas pessoas tão especiais que são os nossos amigos virtuais!
Quando passo um dia sem abrir o e-mail e dar que seja um "bom dia" pra eles, o dia já não é a mesma coisa!
E, sobre conhecê-los pessoalmente, foi maravilhoso... isso sem contar que na época nem imaginávamos ficarmos juntos... simplesmente, aconteceu! E TEM SIDO INCRÍVEL!

É isso.. desculpem aí o comentário-relato.... mas gostei da entrevista, da "homenagem" à minha esposa, e quis participar!

Até mais!

Claudia de Paula disse...

A Fla e' a minha amiga querida !
Nunca nos conhecemos pessoalmente,mas isso nao tem importancia porque ela mora no meu coracao !

Bjs, amiga !