06 janeiro 2011

Sem eira nem beira

Todo mundo diz que os dois últimos meses de gestação não são fáceis. Concordo plenamente. Amo saber que meu bebê em breve estará conosco, mas confesso que estou cansada de todos os efeitos da gravidez.

A verdade é que adoraria cuidar dos meus cabelos (e abandonar essa cara de relaxo), poder usar outras peças de roupas (já que não suporto mais olhar para as batas, vestidos e calças de elásticos) e dar um chega pra lá nessas dores incômodas. Sim, eu sei que as dores só serão modificadas, independente do parto, sentirei as dores durante e após. Sei também das noites sem dormir, mas isso não será diferente de agora, se antes eu já tinha insônia, atualmente virou minha companheira.

Nove meses de gestação é tempo demais. O processo é tão intenso que sinto como se tivesse grávida há um ano. Nem lembro mais do formato dos meus pés e da cor das minhas virilhas e axilas. Talvez eu tenha esquecido até como é andar de salto alto. Não me sinto feia, apenas diferente, acho bonito um barigão porque alí está algo tão puro e maravilhoso que toda mulher deve comemorar, mas não posso negar que ele pesa, coça e incomoda.

Sim, eu sabia de tudo isso. Sabia que todas as mudanças seriam normais, que os enjôos, proibições e cuidados seriam frequentes e maiores. E mesmo assim eu quis. Desejei essa gravidez profundamente, de corpo e alma. E mesmo reclamando, ficando irritada, cansada e tudo mais, quero muito conhecer meu bebê e me tornar mãe de verdade.

11 comentários:

Elexina disse...

É ASSIM QUE ME SINTO TBM ROSI... OS INCOMODOS SAO INCOMODOS...RSRS... MAS NAO SUPERA A ALEGRIA DE GERAR MEU FILHOTE...

BJUS

Sandra Hellen disse...

Hoje mesmo comentava com o marido de um dos muitos benefícios do BabyCenter...ter conhecido outras grávidas que passam exatamente pelo que estou passando. É como uma "gravidez coletiva", e isso ajuda, dá força! Eu também me sinto assim Rosi... essa semana mesmo o marido chegou do trabalho e eu tava toda arrumada e maquiada, ele perguntou pra onde eu ia, eu disse: Pra nenhum lugar, só queria ficar bonita mesmo!! hehehehe.

Minha virilha e axila parecem um breu de tão escura...só tenho 1 calça (agora no inverno) que ainda posso usar, ou seja, só uso ela, pq vestido e derivados nem pensar...
Tb só uso um sapato e por ai vai a lista... mas finalmente estamos chegando nessa jornada da gestação para iniciar outra!

Força na peruca que estamos quase lá!!! Beijos pra vocês!!

Isabela disse...

Vc falou td q eu estou sentindo.
To meio cansadinha de ficar sem comer doce, sentir dores e ficar de repouso.. mas é como minha mãe diz "isso é o mínimo que vc está fazendo pelo seu filho".
Que Deus abençoe ricamente vc!
Qdo vc ver a carinha do seu pequeno vai ver que tudo vale a pena!
Super bjs

Lu disse...

AI, cansa mesmo, né? Eu também estou super dividida entre a alegria de o filhote estar quase chegando e o saco cheio (desculpe, mas essa +e a palavra) de viver cansada, inchada, limitada.. sim, pq se eu ando um pouco q seja, me sinto mal, dói tudo, fico cansadérrima.
Mas o negócio é q, querendo ou não, o tempo passa... em 1 mês e meio mais ou menos, nossa vida mudará e nunca mais seremos as mesmas mulheres...

Beijos!

Amanda disse...

Já comentei no meu blog sobre como a gravidez é cansativa, e agora só ficará mais e mais cansativa, e somando a ansiedade e expectativa em ver a carinha dos nossos bebês!!
Acho que deveria durar, no máximo 6 meses, pq depois disso começa a perder parte da graça e se tornar cansativo de mais!!!
Mas é um sacrificio mais que válido, não é???

Bjinhos

Carol disse...

menina e eu que to longe do final ainda? pois é, mas já me sinto meio cansada de gravidez, sabia?

acho que é pq, teoricamente, to grávida desde maio do ano passado, aí perdi, aí engravidei de novo pouquissimo tempo dps... e sao mtos probleminhas, mtas limitacoes, mtas preocupacoes... UFA!

é bom, mas é ruim, né?

sidentifico com esse post!

beijos!

Bruna disse...

às 35 semanas eu assino embaixo do seu post... estou cansada... ansiosa...
Também não me sinto feia, minha barriga é o que eu já tive de mais lindo na vida, mas convenhamos, sexy eu não sou mais mesmo kkkk... é uma beleza diferente, é pureza e não sensualidade...
Além dos calores, dores, incomodos etc...
os primeiros 7 meses voaram, mas essas ultimas semanas estão se arrastando....
Será que vamos mesmo sentir saudade? já tenho minhas dúvidas...
Mas que vale a pena ah, isso vale, tanto vale que falei pro meu marido ontem que eu vou passar por isso no máximo 5 vezes kkkkk....
Beijos

Shilola disse...

Gata,
Vc já É mãe de verdade! :D
Vc tá cuidando muito bem de Dudu!
Bjocas,
Carol

Priscila disse...

Confesso que não entendo quando alguém diz que gosta de estar grávida.
Eu nunca gostei. Quando fiquei grávida do Gui, com 38 semanas fui na obstetra. louca pra que ela dissesse que estava quase. Saí de lá com o diagnóstico de que ele chagaria a quase 42 semanas. Chorei tanto no caminho pra casa. Desesperada, não aguentava mais. Liguei pra GO e pedi a cesária pra dois dias depois. Não me arrependo nem um pouco. Cada uma tem seu limite. Aquele era o meu. Com a Duda, não foi diferente, com 38 semanas marquei a cesárea.
Pra mim estar grávida incomoda, causa stress e ansiedade. Bom mesmo é ter o bebê no colo, olhar pra carinha dele, sentir o cheiro, fazer carinho, ouvir seus chorinhos, amamentar. Carregar na barriga não tem nem 10% da diversão!
Bjs.

Nave Mamãe disse...

Guria, também não sei se ainda vou saber andar de salto! Tudo muda né? Eu já ganhei 11kg, então e o mesmo corpo 11kg mais pesado, é cansativo.
Mas tô me sentindo ótima ainda e durmo a noite todinha! O Lorenzo não está me treinando, acho que vai dormir a noite toda quando nascer! Hehehehe
Beijos

Fla disse...

Rosi, eu tô tão perdida que nem sei se já desejei feliz ano novo pra você, mas como acho que nunca é demais, então feliz 2011 pra você, muita paz, saúde, uma boa hora na chegada do pequeno e que vocês todos sejam sempre muito felizes!

Beijocas