25 abril 2011

Não tenho roupa

Se o marido já não aguentava mais ouvir a famosa frase: “Não tenho roupa!!!”, agora  ele nem dá mais bola ou finalmente passou a acreditar em mim..

Desde que me descobri grávida adotei as famosas lingerie de algodão (grávidas apresentam maior sensibilidade e propensão a alergias de pele), e evitei calças apertadas. Já vestidos foram meus companheiros por toda minha gestação, muitos eram mais soltos, permitindo colocar uma faixa  e até mesmo um cinto para  um desenho no barrigão.

É claro que comprei peças específicas de grávidas e a época do ano (outono/inverno) favoreceu o uso de leggings e calças bailarinas para disfarçar as meias de compressão (hor-ro-ro-sas). Além do inchaço pós-parto, que fez com que continuasse usando roupas de gestante por um tempo, passei a ter que me preocupar com a segurança do meu bebê. Então, temporariamente, blusas com zíperes, tachas, botões estão fora de cogitação para não machucar o bebê quando o seguro no colo e no sling. Evito ainda brincos pendurados, colares (que os bebês adoram puxar), perfumes (nem preciso dizer porque) e saltos altos (esse item acho que até desacostumei).

Mas agora que o inchaço foi embora e a barriga que estou é essa mesma que me resta (céus!), constato que não tenho nada além das antigas roupas de grávida. E daqui há alguns meses voltarei a trabalhar, o que exige que providencie peças sociais. Enfim, novamente e mais uma vez: a frase da vez continua a mesma: “Não tenho roupa!!!”

12 comentários:

Sandra Hellen disse...

Rosi essa fase é terrível! Pq ainda nem podemos usar nossas roupas normais e nem as de grávida ficam "boas". Tem 2 calças jeans minha que já consigo usar. Agora que o verão chegou por aqui estou abusando dos vestidos, mas alguns ainda tem o probleminha dos seios. Como os seios estão hiper mega maiores, não servem!! :-))

Beijos pra vocês e vamos de compras!!! :-))

✿ chica disse...

Isso é bem assim...Faz parte do "pacote",rsrs beijos,linda semana e boas compras!chica

Cyy disse...

Ahhhh eu fico sem roupa p amamentar na rua! minhas opçÕES ESTÃO RESTRITAS =/

Rose disse...

oi Rosi é uma fase cruel mesmo pra nós, eu no meu caso ficava meio em dúvida se comprava ou não alguma roupa, pq ficava na quela" e se eu volta o meu corpo o que vou fazer com essas roupas" mas percebi que não era bem assim tem, pessoas que demora voltar com o corpo ao que era antes e tem umas que nem volta, que é o meu caso,tambem já não era magrinha antes kkkkk enfim tomei coragem e fui as compras e hoje estou feliz da vida com o guarda-roupa novo beijosss!!!!

Tati Carmo e Melo disse...

Rosi, acho que o dilema é de todas as mamães. No meu caso, até que as roupas voltaram a servir, mas percebi q eu só usava calças jeans justas (que agora estão + justas ainda)e blusinhas justinhas tb. Não dá mais. Não só pq o corpo mudou, mas pq isso não combina + comigo. Daí q passei 2 meses usando vestidos soltos. Não aguentava mais! E acho que os outros tb não aguentavam + me ver com eles rsrsrsrrs. Então fui ao shopping, comprei 2 calças jeans 1 número maior que as de antes e umas 5 blusas práticas: folgadinhas, bonitas. Mudou minha vida rs. Depois, se for o caso, mando ajustar as calças. Para amamentar em público, eu tenho um avental que mandei fazer e posso colcar por cima de qq blusa. Ótimo!
Beijossss

Bruna disse...

ah Menina,
Delicia ler seu post... eu estou preocupada com a mesma coisa... quase não tenho roupas que me sirvam.. o que mais me chateia é que estou pesando menos do que antes de engravidar, e ainda assim as roupas não cabem.. entao, o que aconteceu com meu corpo? Calça jeans sobraram 2 e não ficam lá essas coias... roupa para trabalhar eu simplesmente não tenho... ai ai ai....
Ah, e pros maridos, para melhorar, além do não tenho roupa tem o "Mor, o Pedro perdeu mais esse tantao de roupas e tá sem, vamos comprar" kkkkk

Ananda Etges disse...

Eu ainda não "entro" nas roupas de antes da gravidez, mas sempre que olho para elas fico deprimida. Tudo parece horrível e mega velho. Pior que meu aniversário é só em janeiro, ou seja... nenhuma data comemorativa próxima para pedir roupas novas pro marido, pra mãe,... Tá, até tem o dia das mães, mas como bebê novo = muitos gastos... Acho que o presente vai ficar para outra hora!

Beijos, Ananda.

http://projetodemae.wordpress.com

Andrea Fregnani disse...

Rosi, eu não tinha roupa com o armário cheio, o marido não entendia né, então tirei tudo do armário, agora eu não tenho roupa meeesmo, lá vou eu tentar achar roupitchas de mamãe, tb concordo com vc, qnt a salto, brincos, bordados de pedraria, etc
bjs

Mih Fernandes disse...

Nossa,estou passando por esse dilema tbém, dificilmencontar uma roupa que me agrade, tô precisando ir as compras, mas a grana tá curtissima... rsrsrs...

Renata Auxiliadora disse...

Rosi te prepara...
Eu voltei a trabalhar e voltei a emagrecer mais ainda... Graças a Deus... e cada vez que compro alguma coisa... em duas semanas já estão largas.... é que engordei demais na gestação.... e até eu voltar as minhas antigas roupas... vai demorar... isso se eu voltar......
Abraços
renata
http://diariodarenata.wordpress.com/

Priscila disse...

Oi, Rosi!!!!
Menina, essa fase é mesmo negra. Quando a gente percebe que não é tão simples voltar ao manequim pré gravidez. Eu levei um ano e meio pra pra tomar vergonha e fazer uma dieta decente depois que o Gui nasceu e consegui voltar ao guarda roupa. Aí, três meses, depois, engravidei de novo da Duda. Agora, a mesma coisa. Ela já está com quase dois anoe e só agora voltei pros meus jeans guardados no fundo do armário. Isso é muito pessoal, mas eu tive a maior dificuldade de emagrecer depois da gravidez e não tem coisa pior do que continuar se sentindo grávida com a criança no colo, né?
Força aí.

Ju disse...

Olá Rosi,
Após seu comentário no meu blog, encontrei o seu mundinho!
Adorei este post, está um resumo de dois que escrevi: http://julinishi.blogspot.com/2011/03/com-que-roupa-gravidez.html

http://julinishi.blogspot.com/2011/03/com-que-roupa-pos-parto.html

Bjs.