26 junho 2011

Como sobreviver a uma mudança

Essa vida de nômade me cansa. E eu que pensava que era craque em embalar, encaixotar e transportar tralhas de casa, acrescento ao meu currículo a inesquecível experiência de fazer uma mudança com um bebê de 4 meses.

Louca, insana? Tudo junto. Porque foi uma doideira, minha gente. A fase da preparação rolou em etapas, mas na hora que o caminhão chega, o négocio pega e todos os móveis e caixas devem ser transportados. E onde colocar o bebê? No berço? Não, ele já foi desmontado. Etão na cama? É preciso desmontá-la.

Pois é, foi uma loucura minha mudança. Marido ainda teve que trabalhar e só ajudou para carregar o caminhão. Para descarregar, contei com a ajuda do primo, prima, sobrinhos, aff. A gente só percebe que tem tanta tralha em casa quando resolve juntá-la.

Agora entando no apê novo, a maioria das coisas já estão no lugar, exceto os armários dos quartos que estão desmontados e as roupas em caixas. Mas resolverem isso ainda nessa semana. Ah, e o Dudu, sobreviveu e não teve que vir no caminhão. A Dinda dele fez a boa ação de trazê-lo confortavelmente de carro e nada sofreu, apenas ficou no colo de um e de outro durante todo o dia até a louca da mãe dele conseguir respirar e lhe dar atenção.

5 comentários:

✿ chica disse...

É duro mesmo uma mudança, mas depois...fica tudo legal! beijos, tudo de bom,chica

Sandra Hellen disse...

eu bem sei amiga! Nessas horas a ajudinha da familia vale ouro. Qdo nos mudamos Elias tava com 3 meses e em plena crise, quase surtei sem saber o que fazer, se encaixotava ou pegava ele no colo, pq ele nao ficava de jeito nenhum em outro lugar!
Bjus

Ana Claudia de Moura Becker disse...

ufffa, mudança da um trabalhoooo! Mas dp de tudo no lugar no certo, ficará uma delícia, nao é?!
Felicidades no novo lar!
Vc está morando na zona leste? Eu vou para sp semana q vem, quem sabe não nos vemos. Não esquece de me responder dos tapinhas. Se preferir, manda mail.
bjs

Carol disse...

Uauuuuu sumi tanto q ate o Dudu nasceu kkkkkkkkkkkkk

Miga ele é linnnnnnnnnndo!!!!

Bjussssssssssss

Cy e Mimi disse...

Flor imagino sua loucura eu mudei mais minha bebê ja estava com 1 ano e 2 meses e ja foi difícil imagino com um bebê de 4 meses.
Mais agora é só alegria e tudo ficara bem e em seus devidos lugares.
Bjokas nossas