20 dezembro 2011

Carta ao Noel

Apesar de toda a correria habitual de dezembro, e nesse ano a coisa pirou bastante, consegui uma folguinha para escrever para ti.

Na verdade, essa será uma cartinha de agradecimento porque esse ano foi muito bom para nós.

A estreia do Dudu nesse mundão de meu Deus foi um capítulo à parte. A barrigona me fez sofrer bastante com o calorzão de Janeiro, mas em Fevereiro nasceu o amor da minha vida, num lindo dia típico de verão (sol à pino durante o dia com uma chuva de alagar a cidade inteira no final da tarde). E o meu tão querido Carnaval foi comemorado com um recém-nascido no colo que acordava a cada três horas e nem me deixava dormir, nem acompanhar os desfiles das Escolas de Samba pela TV. Mas posso dizer que, mesmo todos esses contratempos, Fevereiro nunca mais será apenas um mês pequeno curtido ao som dos tambores.

Março, Abril e Maio foram meses de profundo aprendizado, de muitas concessões e da percepção do quanto a maternidade me mudou. Sou uma pessoa mais sensível e apaixonada pelo meu filho.

Em Junho mudamos de casa, de bairro, de vida. Tudo pelo bem do nosso pequeno que precisa de cuidados de alguém de confiança e que lhe dê muito amor: a escolhida a Tia Dinda Joia. Julho foi um mês da expectativa e da insegurança da volta ao trabalho, chorei bastante quando deixei meu pequeno aos cuidados de outra pessoa, mas me senti “de volta” quando resgatei esse lado social que tanto me completa.

Marido comemorou o novo emprego em Setembro, depois de muitos perrengues no anterior. Eu continuo no mesmo emprego, passando as mesmas raivas e comemorando outras coisas boas.

Enfim, pisamos pela primeira vez no nosso tão esperado (e suado) apartamento em Novembro, e tudo isso bem no dia do meu aniversário. Aff, os 34 aninhos não precisavam chegar tão rápido.

E Dezembro chegou com a promessa de tantas compras, tantas comemorações e tantas alegrias. Tenho certeza que o Natal e o Reveillon serão muito especiais para minha família que agora tem seu mais especial e amado membro.

Para 2012 eu quero (porque colocar a palavra “espero” não dá, tem que ser concreta): quero terminar de montar meu cantinho, quero terminar algumas coisinhas inacabadas por aqui, quero ter paz na minha família, quero que meu filho se desenvolva bem, quero, quero muito, ser feliz!

3 comentários:

Rafaella disse...

Que linda cartinha...
Concerteza foi um ano bem especial para vcs...
E 2012 vai ser bem melhor...
Bjs

Bicho-mãe disse...

Adorei sua cartinha! Você conquistou muitas coisas já e com certeza tem pique para muitos mais.

Feliz Natal para você, Dudu e toda sua família.

Beijos

Flavi

Thaline Livia disse...

Feliz Natal amigaaa! Pra vc e toda sua família! Gostaria de convidá-la a participar da 1ª Blogagem Coletiva do meu blog : " Minha Carta à Jesus Cristo! Passa lá!