27 setembro 2007

Cotidiano

A casa nova tá bem localizada.
Dei um verdadeiro up na minha vida: da Frega para Higi. É muito bom trocar a visão dos vizinhos feios, barrigudos, de pé preto com palito na boca por uma galera bicho-grilo, que tem cabelo estranho e roupa idem e fumam baseados.

O legal é descobrir que nos quarteirões vizinhos tem uma infinidade de pizzarias, bares e afins. Tem até uma bacalhoaria vizinha e um salão de beleza que juro de pés juntos que entrarei um dia lá e farei tudo que tenho direito, talvez no pagamento do meu décimo terceiro. Ah tem também muitos casais alternativos, gente chiquérrima que se assume na boa, (me gusta).

Falando nesse povo, no próximo dia 07 recebo a visita dos meus amados de Piracicaba. O Ri-tudo-de-bom vem com o Matheus-par-do-Ri, o maior problema é que é bem no dia do niver do queridinho. Tenho que me desdobrar para fazer tudo isso.

Mas estou com saudades dos meus amigos da facu, acho estranho sentir falta de gente doida, por que será?

Um comentário:

MB disse...

A gente sente falta de gente doida, porque somos doidos tb, e doidos por essa gente doida que nos deixa doidos de felicidade quando encontramos.
Aff..
Ah, e é claro, agora vc tem mais um amigo doido...hehe.
Bjs