26 agosto 2009

Cartão vermelho

Vemos no campeonato brasileiro um montante significativo de passes errados, marcações equivocadas, desorganização e péssimas finalizações. Vemos jogadores machucados, jogadores que se jogam para cavar faltas e penaltis, convivemos com treinadores que ficam muito aquém das expectativas, enfim vemos coisas absurdas em campo. Mas saber lidar com os árbitros virou questão de sobrevivência. Técnicos e jogadores vivem às turras com o trio de arbitragem que são os responsáveis pelo placar final de cada jogo. Há muito tempo fazer gol não é sinônimo de vencer a partida.

Sim, os árbitros erram porque são humanos. Podiam errar menos se tivessem meios tecnológicos como a ideia de sensores na bola para evitar que sejam validados gols em que a bola não entrou, ou vice-versa. Há ainda a ajuda por meio de vídeo, semelhante ao que se passa no rugby, que também me parece uma boa alternativa. É tanto erro que passa a ser duvidosa a competência da arbitragem.

Eu sou uma torcedora apaixonada, acompanho os jogos, reclamo, grito e esperneio, tenho esse direito. E não sou obrigada a ver meu time ser prejudicado por um bandeirinha que não estava atento ou por um árbitro que teve receio de dar aquele cartão amarelo. Essa papo de Lance Interpretativo é uma balela, uma bela desculpa. Lamentável.

EDITADO: Para suprir a curiosidade, sou torcedora do Todo Poderoso Timão. Traduzindo: sou corinthiana roxa.

12 comentários:

Row51 disse...

Você verá à partir de agora, como o São Paulo será roubado pela arbitragem, para evitar o Hepta-Campeonato.

http://row51.blogspot.com

Fla disse...

Vixe, de futebol eu malemá sei quando é gol... porque geralmente eu grito e a bola foi pra fora.
Hahhahaha.
Beijos
Fla

Luciana disse...

Oi Rose, não conhecia teu blog, e achei maravilhoso, você escreve muito bem, passa uma coisa bem legal. Eu não acompanho muito futebol, sou vascaína (tadinho, agora tá se recuperando), mas quando o Internacional não está jogando com o Vasco (o que não vai acontecer esse ano), também torço para o Inter(que o meu marido não leia isso...). Meu marido acompanha tudo, torce, sofre, chinga, grita (levo cada susto)... mas às vezes os árbitros erram feio e bota feio nisso... rs, rs.
Bjos, Lú.

Ana Carolina Peixoto disse...

Rosi, que bom que vc gostou de ler o post sobre Natação para BebÊs. A Malu é realmente um figurinha, né? Atendendo ao seu pedido... Coloquei as fotos, todas, em tamanho gigante!
bjs e obrigada pela dica,
Carol
PS: Não conhecia esse seu lado torcedor! rs!

Alethéa Casal disse...

Ah, conta aí: prá qual time vc torce???

Vivo falando exatamente as mesmas coisas que vc escreveu pro meu marido e ele diz que futebol é apixonante justamente por estas coisas erradas todas... vai entender...

Abraços!

Priscila disse...

Oi, Rosi!
Não acompanho futebol, nem torço pra time nenhum. Aqui em casa meu marido é Flamenguista doente. Vai aos jogos, assiste o jogo, ao VT, aos melhores momentos, aos programas dos comentaristas... Ainda joga futebol toda semana com os amigos e todos os dias tá vidrado no Xbox. Credo! Não sei como ele aguenta. Por conta disso, às vezes assisto alguma coisa, vejo alguma reportagem e também fico questionando...Por que não utilizam os vídeos na hora da dúvida?!?!?!?!?
Bjs.

Lucia Laureano disse...

Jura que você gosta de futebol amiga!
Eu detesto, apesar de já ter nascido dentro de um uniforme do vasco.
Ainda bem que Fábio tb não gosta, agora resta saber qual vai ser o gosto do peuqeno perna de pau.

Danee disse...

Oi, adorei o seu comentário no meu blog, fiquei muito feliz! Vou te linkar e estarei sempre aqui.
Beijocas

Uma Mulher de Fases disse...

Nossa amiga, torcedora messssmo!
Eu sou roxa pelo meu time, mas não me estresso com arbitragem, os caras ganham milhões e a gente que se descabela, rs!!!
Beijos

Casa Corpo e Cia. disse...

Hhehehe! Poderoso timão? Gostei disto... (não sou corintiana).
Olha eu não gosto muito de acompanhar futebol, mas como meu esposo joga bola, eu acabo me envolvendo também. Hoje em dia, uma partida de futebol profissional, está pior que uma amadora. Os jogadores cometem erros, que nem parece que ganham e treinam o tempo todo para aquilo. E sem contar que como tudo que envolve "dinheiro' ( e aos montes), dá pra desconfiar de alguns resultados...

BjOs e ótima noite querida!

Fabiana disse...

Eita Rosi, realmente, também acho essa besteira de só a decisão do juiz é o que importa o ô. Nada a ver, são seres humanos errantes e influenciáveis, diga-se de passagem.
Tantas tecnologias para ajudar, e não vale de nada.

Sou Flamenguista e meu marido é flamenguita roxo, aff, no coment!

--
Linda, obrigada pelos links dos sorteios, só agora pude agradecer, ontem foi feriado aqui na minha cidade, e fiquei longe do micro, fomos a família toda passear, rs.

Luci disse...

Amiga, roxa eu sou Mengão, mas em sampa sou Timão tb \o/\o/ E agora com o gordo... sou muito fã dele!

Não aguento mais ver tanta arbitragem errada viu? Está virando epidimia.